Ficha do produto
Enamoramento e Amor
O grande mestre das emoções
Código: 00140
Última edição: fevereiro de 2010
N.º de páginas: 168
Editor: Bertrand Editora
ISBN: 9789722521024
Esgotado ou não disponível
5,00€
 

Sobre o livro

Sinopse
« O que é o enamoramento? É o estado nascente de um movimento colectivo a dois. Esta definição podia ser dada após a conclusão de um longo exame dos factos e de interpretações, mas preferi situá-la no princípio, de modo a que nos sirva de guia nesta breve viagem num mundo de todos conhecido, porque todos o vivemos por experiência directa, apesar de tão enigmático e transitório. (…) O enamoramento não é um fenómeno quotidiano, uma sublimação da sexualidade ou um capricho da imaginação, nem tão-pouco um sentimento sui generis inefável, divino ou diabólico, antes pode ser inserido numa classe de fenómenos já conhecidos, os movimentos colectivos. Entre estes tem certamente a sua individualidade muito própria, (... visto que) nasce apenas entre duas pessoas, e o seu horizonte de dependência, qualquer que seja o valor universal que possa desencadear, está vinculado ao facto de ser completo com duas únicas pessoas. Este é o motivo da sua especificidade, da sua singularidade, o que lhe confere algumas características inconfundíveis.» (do Capítulo Primeiro). Para ler sozinho/a, ou a dois.

Enamoramento e Amor de Francesco Alberoni

Críticas de imprensa
«Um livro obrigatório. Para ler sozinho, ou a dois.»
Corrière della Sera

Detalhes do produto


Enamoramento e Amor de Francesco Alberoni

Ano de edição ou reimpressão: 2010

Editor: Bertrand Editora

Idioma: Português

Dimensões: 150 x 230 x 5 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 168

Coleção: Ensaios e Documentos

Classificação: Psicologia

 

Outros livros

Popular sociólogo italiano, Francesco Alberoni nasceu em 1929, em Piacenza, Itália. Licenciado em medicina pela Universidade de Pavia, estudou psicanálise e estatística, tendo desenvolvido investigação no campo das probabilidades.
Tornou-se professor de sociologia em 1964, primeiramente em Milão, a que se seguiu Trento, Catania, Lausanne e novamente Milão.
Desenvolveu uma teoria dos movimentos colectivos, patente nos seus livros Estado Nascente (1968) e Movimento e Instituição (1977). Aqui, Alberoni explica o processo histórico como o resultado de dois tipos de forças: por um lado, as utilitárias e económicas, que transformam e inovam mas não criam solidariedade social, e, por outro lado, as representadas pelos movimentos, que só podem surgir da solidariedade social.
Alberoni adquiriu renome mundial após a publicação de Enamoramento e Amor (1979), o seu (...)