2019-01-04

Diário 1927-1941 - Os anos em que o mundo de Virginia Woolf se desagrega

Depois de «Diário 1915-1926», a Bertrand Editora publica agora o segundo e último volume de uma seleção personalizada e adaptada para Portugal do Diário de Virginia Woolf

Partilhar:
Depois de «Diário 1915-1926», chega às livrarias a 11 de janeiro. A Bertrand Editora publica agora o segundo e último volume de uma seleção personalizada e adaptada para Portugal do Diário de Virginia Woolf, com organização e notas de Anne Olivier Bell. Traduzido por Maria José Jorge, «Diário 1927-1941» retrata um dos períodos criativos mais fecundos de Virginia Woolf, numa altura em que se afirmou como uma das figuras de maior relevo dentro da sociedade literária londrina. São desta época algumas das suas obras mais marcantes, nomeadamente Rumo ao Farol (1927), Orlando (1928) e Um Quarto que Seja Seu (1929). Domingo, 26 de janeiro «As águas do desespero não hão de tragar-me, juro. A solidão é grande. A vida em Rodmell é tão choca. Húmida, a casa. Em desordem. Mas não há outra alternativa. E os dias hão de crescer. O que me falta é a energia de outrora.»

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK