2019-04-09

«Em Queda Livre», de Jennifer Weiner, chega às livrarias nesta sexta-feira

A pressão de conciliar tudo. A exigência da perfeição em todos os domínios. Não há lugar para o falhanço

Partilhar:
Allison Weiss, a protagonista de «Em Queda Livre», poderia ser a nossa mãe, uma amiga, uma mulher que conhecemos ou até nós mesmas (caso seja uma mulher que esteja a ler este texto, neste preciso momento). Allison Weiss tem um marido bem parecido, uma filha adorável, um emprego que adora e uma casa grande nos subúrbios. É a típica mãe trabalhadora que tenta conciliar a família com o trabalho. Tudo parece estar no sítio certo. Mas será que está? O que se esconde por trás daquela vida aparentemente perfeita?

Jennifer Weiner, autora bestseller do New York Times, traça um retrato atual e bem real do que é a vida de muitas mulheres nos dias de hoje. A pressão de conciliar tudo. A exigência da perfeição em todos os domínios. Não há lugar para o falhanço. Há que manter as aparências, mesmo que o fardo seja demasiado. O corpo e a mente sucumbem e aquilo que parecia ser uma poderosa ajuda torna-se num problema ainda maior: a dependência.

Dia 12 de abril nas livrarias.

«Fiquei sentada ao volante a ver as portas fecharem-se atrás de Dave, Hank e Ellie, sentindo-me vazia para lá da euforia que os comprimidos me ofereciam. Pelo menos, ainda tinha isso – um estímulo garantido ao início do dia e um conforto no final. Com um comprimido ou dois (ou três ou quatro) na minha corrente sanguínea, eu sentia-me calma, energizada, a controlar a situação. Como se fosse capaz de gerir o trabalho, ser uma boa mãe, uma boa filha, manter a casa em funcionamento, o frigorífico recheado e ainda, ocasionalmente, acompanhar uma visita de estudo de Stonefield ao Museu de Arte.» - Pág.105 -

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK