2019-03-08

«Negro como o Mar», de Mary Higgins Clark: quando um cruzeiro de luxo fascinante se torna mortal

Um livro de leitura rápida, com capítulos fluídos, e uma história cativante e misteriosa

Partilhar:
«Negro como o Mar», de Mary Higgins Clark, autora de mais de trinta romances de êxito em todo o mundo, chegou às livrarias portuguesas.

Desta vez, esta rainha do suspense promete surpreender com a história de um cruzeiro de luxo que prometia ser sublime mas que acaba por se transformar no palco de um misterioso assassínio. «Negro como o Mar» é um livro de leitura rápida, com capítulos fluídos, e uma história cativante e misteriosa. «Lady Em sorriu. Tinha trazido algumas das suas melhores joias para usar no navio. Iam estar a bordo inúmeras celebridades, nesta viagem inaugural e, como era costume, ela queria ofuscá-las a todas.

Quando se inscrevera no cruzeiro, anunciara que, em consonância com o espírito luxuoso do meio em que iria estar inserida, traria consigo e usaria o famoso colar de esmeraldas que se acreditava ter pertencido a Cleópatra. Após o cruzeiro, tencionava doá-lo ao Instituto Smithsonian. Esta peça não tem preço, pensara, e uma vez que não tenho familiares que me digam alguma coisa, a quem havia de deixá-lo?».

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK