2020-03-17

O dinheiro faz o mundo girar. Então porque é tão difícil falar sobre ele?

«Vamos Falar de Dinheiro» é um livro que quer acabar com os tabus que existem à volta do dinheiro e ensiná-lo a ser mais honesto com os outros, e consigo próprio.

Partilhar:

Quem sabe quanto ganha? Uma pessoa? Duas? Talvez ninguém, para além de si, do responsável dos Recursos Humanos da sua empresa e do seu gestor de conta. Alguma vez falou abertamente com alguém sobre dinheiro? Sobre as suas dívidas, o seu ordenado, os seus sonhos, as suas angústias? O dinheiro desempenha um papel enorme nas nossas vidas – amizades, ambições e saúde mental, por exemplo – mas muitas vezes parece-nos que é um assunto tabu. Vamos Falar de Dinheiro, à venda a partir de 20 de março, é um livro franco, caloroso e oportuno que desestigmatiza a forma como conversamos, pensamos e sentimos o dinheiro.

Afinal, se é aquilo que faz o mundo girar, porque é que nos custa tanto conversar sobre ele? Porque é que muitas vezes parece ser o elefante na sala, se falamos sobre tudo com os amigos e família? «A vergonha parece estar intrinsecamente ligada ao dinheiro. Mas a vergonha é uma emoção que abrigamos em segredo, pelo que, se fôssemos mais abertos acerca do dinheiro, talvez ela não se propagasse tanto». Alex Holder quer acabar com o estigma de falar sobre dinheiro, pois acredita que a transparência neste assunto pode ser o primeiro passo para lidar com questões monetárias maiores, como a disparidade salarial entre os sexos e a desigualdade económica. Acredita também que assumir o controlo do dinheiro vai ser uma nova tendência para a saúde mental, pois a saúde financeira está intimamente ligada à saúde mental. «É em conversas de um para um com amigos ou familiares que tratamos da maioria dos assuntos da vida. Falar é saudável e libertador. É como partilhamos histórias e nos educamos uns aos outros».

Vamos Falar de Dinheiro é um livro honesto sobre a importância da honestidade nas conversas sobre dinheiro. Fala sobre os diversos aspectos da vida moderna e como ser sincero (e sensível) sobre o impacto que o dinheiro tem – em amizades, relacionamentos amorosos, no local de trabalho e na sociedade em geral. Não é um guia sobre como resolver a sua vida financeira, mas uma mistura envolvente de histórias pessoais, entrevistas com especialistas na área e uma série de estudos que o vão deixar mais capacitado para iniciar as suas próprias discussões sobre dinheiro e que o vão ajudar a perceber que o dinheiro é apenas uma ferramenta, que não deve ter medo dele, ou de falar sobre ele. Pelo contrário. Conversar sobre o dinheiro, sobre quanto ganhamos ou sobre quanto devemos, é algo libertador, que nos pode ajudar a tomar melhores decisões sobre os nossos investimentos e que pode inclusive ajudar a acabar com as desigualdades salariais.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK