2023-09-25

Olho de Gato

Em Olho de Gato, Elaine Risley, uma pintora, regressa à sua cidade natal, Toronto, a propósito de uma retrospetiva da sua obra, que se transforma também numa viagem interior animada pela recordação. O fio narrativo dos diferentes períodos de vida de Elaine é descrito de forma intercalada, entre a infância e o presente, pois a sua infância encerra capítulos de malvadez às mãos de Cordelia — melhor amiga primeiro, tirânica depois —, capítulos que a memória de Elaine recupera, tal como recupera o fantasma de Cordelia. A relação evoluiu quando eram jovens, e a algo próximo do perdão seguiu-se o menosprezo e o esquecimento. Mas o fantasma persiste, agora visto com os olhos maduros da segunda metade da vida.

Partilhar:

Um romance sobre amadurecimento e um brilhante desenvolvimento de personagem, Olho de Gato será talvez subtilmente autobiográfico, e retrata de forma magistral, crua e honesta, a relação entre duas raparigas.

Publicado originalmente em 1988, e finalista do Booker Prize em 1989, Olho de Gato, há muito esgotado em Portugal, regressa com chancela Bertrand Editora numa nova tradução de Rita Canas Mendes — já disponível em todas as livrarias.