A Dívidadura

A Dívidadura

Formatos disponíveis
14,39€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
14,39€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Esgotado ou não disponível
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Um livro sobre a crise das dívidas soberanas e do euro .
Para além de abordar a atual crise e o caso português, «A Dividadura» traça uma perspetiva histórica do conceito de dívida e do seu contexto desde a Mesopotâmia, passando pelos textos bíblicos e indo até à bancarrota portuguesa no reinado do rei D.Carlos I, no fim do século XIX, à Grande Depressão ou às renegociações de dívida que tiveram lugar na Argentina ou na Islândia.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Portugal pagará em 2012, em juros, mais do que o efeito conjugado de todas as medidas de uma austeridade gravíssima neste ano. Nos dez anos seguintes, o compromisso de amortização da dívida, considerando apenas a hoje existente e nenhum outro empréstimo suplementar ou outra emissão de dívida, é de 134,5 biliões de euros – o que, em média, ultrapassará em muito o pagamento de 2012, chegando em alguns anos a ser o triplo. Esta dívida é impagável e não pode ser paga. Queremos por isso discutir estes factos e as propostas com os leitores. Queremos assim contribuir para a mobilização da indignação e das razões da democracia. Queremos construir a alternativas sólidas, realizáveis e consistentes. Nos tempos em que o capital se afasta da democracia, a política do socialismo é lutar por ela: a democracia responsável é a arma contra a dívidadura.»

DETALHES DO PRODUTO

A Dívidadura
ISBN: 9789722524391
Edição/reimpressão: 03-2012
Editor: Bertrand Editora
Código: 000173000540
Idioma: Português
Dimensões: 145 x 232 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 240
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Economia, Finanças e Contabilidade > Economia

sobre os autores

Mariana Mortágua (n. 1986), doutorada em Economia pela Universidade de Londres, é deputada e professora convidada no ISCTE. É coautora, entre outros livros e artigos, de A Dividadura (2012), Europa à Beira do Abismo (2014), Privataria (2015) e Manual de Economia Política (2021).
Ver Mais
Francisco Louçã é economista e professor catedrático na Universidade de Lisboa (ISEG). Publicou nos anos recentes uma trilogia sobre as classes sociais em Portugal, com João Teixeira Lopes, Jorge Costa e Lígia Ferro (Os Burgueses, 2014; As Classes Populares, 2017; e As Classes Médias, 2019) e um estudo sobre a crise financeira (Sombras, 2017, com Michael Ash). Foi deputado e é membro do Conselho de Estado.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK