A Morte Usa uma Máscara de Beleza

Formatos disponíveis
17,70€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
17,70€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Em 1974, Mary Higgins Clark começou a escrever uma novela inspirada no mundo da moda nova-iorquino. Interrompeu-a para escrever o seu primeiro romance, Onde Estão as Crianças?, que a projetou para o sucesso internacional. Quarenta anos mais tarde, a autora regressa a essa novela para a concluir e surpreender todos mais uma vez com o seu talento ímpar como contadora de histórias.

Desde o seu primeiro conto publicado a histórias clássicas onde figuram algumas das personagens mais inesquecíveis da autora, A Morte Usa Uma Máscara de Beleza é uma primorosa coleção de contos que nos emociona e nos deixa o coração a bater mais depressa, como é característico da Rainha do Suspense.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«A senhora da alta tensão.»
The New Yorker

DETALHES DO PRODUTO

A Morte Usa uma Máscara de Beleza
ISBN: 9789722531276
Edição/reimpressão: 11-2016
Editor: Bertrand Editora
Código: 000173001134
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 235 x 21 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 320
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller
Mary Higgins Clark (Bronx, 24 de dezembro de 1927 — Naples, 31 de janeiro de 2020), ou a «Rainha do Suspense», como ficaria conhecida, escreveu quarenta romances, quatro coletâneas de contos, um romance histórico, um livro de memórias e dois livros infantis. A quatro mãos com a autora bestseller Alafair Burke, escreveu a série «Sob Suspeita», com títulos como O Assassínio de Cinderela, Toda Vestida de Branco, A Bela Adormecida Assassina, Até ao Último Suspiro ou Eu não Sou Tua, todos publicados pela Bertrand Editora. Em parceria com a sua filha Carol Higgins Clark, é coautora de mais cinco thrillers plenos de suspense. Com um êxito planetário, os seus livros venderam – e apenas nos Estados Unidos – mais de cem milhões de exemplares. Mary Higgins Clark, que durante mais de quatro décadas dominou as listas de bestsellers mundiais, com legiões de fãs que continuam a devorar os seus thrillers de uma penada, criou histórias que, nas suas palavras ao New York Times, fariam o leitor pensar: «Isto podia ter-me acontecido. Podia ser a minha filha. Podíamos ser nós.»
Ver Mais