Da Lusitânia a Portugal

Da Lusitânia a Portugal

Edição Especial (Capa Dura)
ISBN:9789722536981
Edição/reimpressão:11-2018
Editor:Bertrand Editora
Código:000173001714
ver detalhes do produto
22,20€
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
22,20€
COMPRAR
I20% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Dividido em dez partes, representativas das dez fases da nossa evolução política, este livro acompanha o desenvolvimento de Portugal de condado a nação e a país integrante da União Europeia, da OTAN e da ONU.

Escrita num tom acessível e direto e filtrada pelo olhar singular e pela experiência incomparável de Diogo Freitas do Amaral, esta obra é essencial para quem quer conhecer o passado de Portugal e entender os porquês políticos e estratégicos das decisões que mudaram o nosso país.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

Este livro tem na capa a Torre de Belém: porque a época mais brilhante da nossa história foi a dos Descobrimentos, e todos eles partiam dali. Portugal é um país da Europa ocidental: daí recebemos as principais influências, boas e más. Com frequência seguimos o que vinha de além-Pirenéus: mas às vezes fomos os primeiros, e podemos hoje orgulhar-nos disso. Para além dos Descobrimentos – em que fomos pioneiros e os que mais se espalharam pelo Mundo inteiro –, adiantámo-nos frequentemente à Europa mais avançada: estabelecemos a participação do Povo nas cortes antes da Inglaterra e da França; concluímos, com a Inglaterra, a primeira aliança político-militar da história; derrotámos os castelhanos no cerco de Lisboa e na batalha de Aljubarrota; inventámos o “astrolábio” e a “caravela”; iniciámos a “1ª Globalização”; estabelecemos os primeiros acordos políticos com o rei do Congo, com marajás da Índia e chefes japoneses, malaios e chineses; um português comandou a primeira viagem de circum-navegação; achámos e alargámos o Brasil; sofremos o maior terramoto europeu e reconstruímos com grande beleza a cidade de Lisboa; fomos o primeiro país da Europa a derrotar Napoleão; fomos a primeira nação do mundo a abolir para sempre a pena de morte para os crimes civis; fomos os primeiros a efetuar, por via aérea, as travessias Lisboa-Rio de Janeiro e Lisboa-Macau. Enfim, a nossa língua é uma das mais faladas do planeta e, tendo em conta o pequeno território de origem e a sua escassa população, é decerto a que proporcionalmente mais se expandiu pelos quatro cantos do mundo. E não temos apenas mais de oito séculos de História, mas 2000 anos, desde os Lusitanos de Viriato até hoje!
Diogo Freitas do Amaral

DETALHES DO PRODUTO

Da Lusitânia a Portugal
ISBN:9789722536981
Edição/reimpressão:11-2018
Editor:Bertrand Editora
Código:000173001714
Idioma:Português
Dimensões:156 x 241 x 36 mm
Encadernação:Capa dura
Páginas:472
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > História > História de Portugal
Diogo Freitas do Amaral é uma figura nacional conhecida como professor de Direito, político e escritor.
Nascido na Póvoa de Varzim, de família vimaranense, em 21 de Julho de 1941, doutorou-se em 1967 e ascendeu a catedrático em 1984. Como fundador e primeiro presidente do CDS, foi um dos líderes dos quatro principais partidos políticos da Democracia portuguesa, em 1974 e anos seguintes. Foi conselheiro de Estado, Vice-Primeiro-Ministro, Primeiro-Ministro interino, Ministro dos Negócios Estrangeiros (2 vezes) e Ministro da Defesa Nacional. No plano internacional, foi presidente da UEDC – União Europeia das Democracias Cristãs (1981-83) e presidente da Assembleia Geral da ONU (1995-96). De regresso a Portugal, foi cofundador e primeiro diretor da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK