Holly

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
O rei está de volta… e Holly Gibney também.
Formatos disponíveis
20,90€ I
18,81€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
20,90€ I
18,81€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Uma das personagens mais carismáticas e brilhantes de Stephen King, Holly Gibney, está de regresso para desvendar uma série de desaparecimentos misteriosos no arrepiante novo livro do mestre do thriller, do suspense… e sim, do horror

Quando Penny Dahl lhe telefona na esperança de localizar a filha desaparecida, Holly Gibney, a nossa protagonista, parece relutante em aceitar um novo caso. Pete, o seu parceiro na agência de investigação privada, está com Covid. A sua mãe, com quem teve sempre uma relação complicada, acaba de morrer. E Holly devia estar a desfrutar de uns merecidos dias de descanso. Contudo, alguma coisa na voz desesperada de Penny faz com que lhe seja impossível recusar ajudar.
Nas imediações de onde Bonnie Dahl foi vista pela última vez, vivem os professores Emily e Rodney Harris. São o retrato do charme suburbano americano: um casal muito respeitável de octogenários, devotos um do outro, mais ou menos reformados de uma vida dedicada à universidade. Mas na cave da casa de asseio meticuloso e forrada a livros que ambos partilham a história é outra. Aí, esconde-se um tenebroso segredo diretamente relacionado com o desaparecimento de Bonnie.
Não será fácil descobrir o que os velhotes andam a tramar… São inteligentes, são pacientes e são implacáveis. Holly vai ter de recorrer ao melhor do seu formidável talento para enfrentar esta parelha de adversários inimaginavelmente perversos, naquele que é o caso mais arrepiante que jamais encontrou - e que nós jamais lemos.
Génio, visionário, escritor prolífico e de excelência como poucos - muito poucos -, Stephen King é hoje uma figura lendária na história da literatura contemporânea. No seu novo romance, o palco e o holofote pertencem a Holly, uma das suas personagens mais memoráveis. Nas palavras de King: «Nunca me poderia separar de Holly Gibney. Ela devia ser uma figurante em Sr. Mercedes e quase acabou a roubar o livro. Roubou certamente o meu coração. Holly é ela e mais ninguém.»
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«O que torna os livros de King muito mais assustadores do que a maioria dos outros autores de suspense, o que o eleva a níveis de terrores noturnos, não é propriamente a crueldade dos seus personagens: é a sua bondade. King descreve a geografia interior dos seus personagens, as suas inquietações e maquinações, à luz de um holofote imenso e benévolo. Conseguimos sentir a bondade que lhes corre nas veias – e é essa torrente que torna os atos de violência tão perturbadores.»
The New York Times

«Tanto íntimo quanto vasto nas suas ambições. Holly é o anjo imperfeito, mas implacável, no meio de todos estes demónios. Um thriller arrepiante.»
USA Today

«Tenso e delicioso, rico no pormenor, Holly é a prova de que King não só tinha mais a dizer a propósito desta protagonista, como a própria Holly tem ainda muito para nos contar.»
Paste Magazine

«Holly Gibney é o coração desta história. Tímida e com um fio de voz em Sr. Mercedes, a sua transformação numa mulher inteligente, forte e absolutamente determinada e destemida em Holly é tremenda. Caro Stephen King, dê-nos mais da Holly em breve, por favor.»
NPR

«Não satisfeito em ser o mestre do terror e do fantástico, nos últimos anos Stephen King sentou-se no topo da montanha do melhor do thriller americano.»
Sunday Express

«Indiscutivelmente um dos melhores contadores de histórias deste e do século passado, Stephen King é um mestre no revelar dos horrores que se escondem sob a superfície daquilo que parece ser uma vida normal.»
Daily Mail

«Lírico… e horripilante. Holly é um hino à busca pela justiça, custe o que custar. A procura obstinada de Holly Gibney pela verdade guia a narrativa. A Covid-19, o movimento Black Lives Matter, Trump ou a invasão do Capitólio são temas subjacentes. Até o casal de vilões se parece revoltar contra a injustiça do envelhecimento e da finitude. E o próprio romance dá tudo o que tem para expulsar um veneno e encontrar uma cura, uma conciliação.»
The Guardian

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Excelente
Hugo Viana | 2024-01-13
Excelente. Desde o ´´background´´ das personagens, à viagem ao mais íntimo das mesmas. Stephen King, prende-nos desde o inicio do livro. Pelo ambiente descrito sabemos desde o início que algo não está certo. Apenas Holly (que é um pouco de cada um de nós), pode resolver o mistério, contando claro, com os seus parceiros, que, sem estarem presentes, conseguem mostrar o verdadeiro significado de uma amizade.
Fantástico
Thiago Lourenço - Fórum Viseu | 2023-12-08
Mais uma vez Stephen King em toda sua genialidade, uma escrita excelente e que nos prende do início ao fim.

DETALHES DO PRODUTO

Holly
ISBN: 9789722545921
Edição/reimpressão: 11-2023
Editor: Bertrand Editora
Código: 000173002624
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 234 x 28 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 464
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller

sobre Stephen King

Stephen King nasceu em Portland, no Maine, em 1947. Após o divórcio dos pais ainda criança, foi criado pela mãe, Nelly Ruth Pillsbury King. Licenciou-se em Inglês na Universidade do Maine, em 1970, com uma especialização em Ensino. Conheceu a mulher, Tabitha Spruce, nos corredores da biblioteca da universidade, onde ambos trabalhavam enquanto estudantes. Casariam em 1971.
Publica o seu primeiro romance, Carrie, em 1974, cujo contrato de edição lhe permitiu abandonar o ensino e dedicar-se em exclusivo à escrita. Depois? Depois é história. E Depois é também o novo romance que se junta a 'Salem's Lot, The Shining, The Stand – A Dança da Morte, Samitério de Animais, It – A Coisa, Misery ou Se Tem Sangue, entre outros, todos publicados pela Bertrand Editora, que fazem de King um dos grandes mestres da moderna narrativa americana, um autor que concilia inquietação, entretenimento e qualidade literária como nenhum outro. Recebeu a National Book Foundation Medal for Distinguished Contribution to American Letters em 2003 e a National Medal of Arts em 2014.
www.stephenking.com
Ver Mais