Maus

avaliação dos leitores (9 comentários)
(9 comentários)
Vencedor do Prémio Pulitzer
ISBN: 9789722528047
Edição/reimpressão: 05-2014
Editor: Bertrand Editora
Código: 000173000881
ver detalhes do produto
17,70€ I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
17,70€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Maus ("rato", em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu polaco sobrevivente de Auschwitz, narrada por si próprio ao filho, o cartoonista Art Spiegelman. O livro é considerado um clássico contemporâneo da BD. Foi publicado em duas partes: a primeira em 1986 e a segunda em 1991. No ano seguinte, o livro ganhou o prestigioso Prémio Pulitzer de literatura.
A obra é um sucesso estrondoso de público e de crítica. Desde que foi lançada, tem sido objeto de estudos e análises de especialistas de diversas áreas - história, literatura, artes e psicologia. Com uma nova tradução, o livro é agora relançado com as duas partes reunidas num só volume.
Nas tiras, os judeus são desenhados como ratos e os nazis ganham feições de gatos; os polacos não-judeus são porcos e os americanos, cães. Este recurso à imagética da fábula, aliado à ausência de cor, reflete o espírito do livro: trata-se de um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto. Spiegelman, porém, evita o sentimentalismo e interrompe algumas vezes a narrativa para dar espaço a dúvidas e inquietações.
De vários pontos de vista, uma obra sem equivalente no universo da BD e da literatura em geral, e um relato histórico de valor inestimável.

Nota editorial:

Uma leitura desta edição de Maus, sem outra informação adicional, pode em alguns momentos sugerir que o livro tem uma má tradução ou revisão, ou ambas. No entanto, esclarecemos que esta questão não se prende com falhas na tradução ou na revisão do texto.

À semelhança do texto original de Art Spiegelman, seguimos nesta tradução o critério de manter um desvio das falas do personagem Vladek Spiegelman ao inglês padrão. Vladek Spiegelman é um polaco idoso e emigrante, terá pois começado a falar inglês quotidianamente já depois de adulto, pelo que muitas vezes não fala com inteira correção gramatical e sintática. A exceção ao desvio acontece quando a voz Vladek Spiegelman surge nas recordações da sua juventude já que nesses momentos, o personagem Valdek fala com fluência por supostamente estar expressar-se na sua língua de origem. O desvio atrás referido é não só intencional como também, na perspetiva do autor, uma característica inalienável e integrante da personagem, e por isso é exigência do autor que se mantenha em todas as traduções.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«A narrativa mais comovente e eficaz alguma vez escrita sobre o Holocausto.»
The Wall Street Journal

«Um triunfo modesto, emocionante e simples - é impossível descrevê-lo com precisão e seria impossível realizá-lo em qualquer outro meio que não a BD.»
Washington Post

«Uma história épica contada em minúsculos desenhos.»
New York Times

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Banda Desenhada Excelente
Inês Torres livreiro (a) Bertrand Nova Arcada | 2019-05-10
Um livro incrível, baseado na historia de vida do pai do autor. Trata-se de um relato verídico e autobiográfico do autor com base nas conversas com o pai. No livro, os judeus são retratados como ratos, os nazistas como gatos, e os americanos como cachorros. Livro incrível.
Negro...
Patrícia Dengucho - Livreira Bertrand Porto Alameda Shop & Spot | 2019-04-30
Um magnífico livro de banda desenhada, que teve por base as conversas que um pai teve com o seu filho sobre a sua sobrevivência e as suas próprias vivências durante uma das épocas mais negras da História que há memória.

DETALHES DO PRODUTO

Maus
ISBN: 9789722528047
Edição/reimpressão: 05-2014
Editor: Bertrand Editora
Código: 000173000881
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 233 x 16 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 296
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Banda Desenhada > Histórica
Arthur (Art) Spiegelman nasceu em 1949 em Estocolm. Estudou nos Estados Unidos, onde, com 16 anos, iniciou sua carreira de cartoonista. Foi ilustrador e capista da revista New Yorker durante dez anos e é co-fundador e editor de Raw, a famosa revista de BD e artes gráficas de vanguarda, que ajudou a popularizar artistas como Charles Burns, Chris Ware e Ben Katchor. Ensina na School of Visual Arts, em Nova Iorque. Os seus desenhos e gravuras foram exibidos em galerias e museus por todo o mundo. Maus foi galardoado com o prémio Pulitzer, com o prémio de melhor comic do Festival de Angoulême, com o prémio Eisner e com o prémio Max & Moritz.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK