Não Matarás

Não Matarás

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
«Tu não matarás, filho, porque nenhum homem é o mesmo depois de tirar a vida de outro.»
Formatos disponíveis
19,90€I
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
19,90€I
COMPRAR
I20% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Não Matarás tem início numa Espanha acabada de sair da Guerra Civil. O bairro de los Austrias, em Madrid, é o cenário onde se inicia a amizade que acompanharemos entre Fernando, Eulogio e Catalina. Embora as feridas da guerra recém-terminada se façam sentir, as expectativas de uma vida melhor não se apagam e continuam a existir pessoas boas que se recusam a aplicar a lógica perversa dos vencedores e dos vencidos, continuando a ajudar os que caíram em desgraça.

Com Fernando, Catalina e Eulogio, partiremos para Alexandria, qual Babel do seu tempo, onde nem a proximidade da guerra consegue perturbar a coexistência pacífica entre as múltiplas nacionalidades e religiões. Com eles conheceremos uma França ocupada pelas tropas nazis.

A rendição alemã e o final da guerra desencadeiam um projeto de regresso a Espanha que todos querem concretizar com a maior brevidade. Será possível?
Um conjunto de personagens comprometidas com o seu tempo numa história emocionante, comovente e multifacetada, numa Europa em mudança e num mundo que sucumbe à insensatez da guerra.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Aventurem-se nesta leitura
Sandra Cavaleiro - blogue Mom Descomplicada |2019-10-08
Confesso que estava algo receosa com a dimensão do livro mas a escrita de Julia Navarro teve a capacidade de me fazer ficar rendida a todo o enredo. Não queria, de forma alguma, deixar de acompanhar toda a história das três personagens principais: Fernando, Catalina e Eulogio. A história inicia-se com o final da Guerra Civil de Espanha e a subida ao poder do “Generalíssimo” Franco. Os tempos negros vividos pelos opositores ao regime de Franco (os rojos como a família de Fernando) no pós-guerra remete-nos para as recordações dos portugueses que viviam na raia nesta época. Muitos foram os portugueses que testemunharam os fuzilamentos que ocorreram nesta altura… Nunca esquecerei as histórias contadas pela minha mãe desta época e de como todos tremiam com a chegada da Guardía Civil ou da PIDE. Esta força atravessava a fronteira para vir ao lado de cá buscar os fugitivos e os levava com a conivência das autoridades portuguesas e os olhos que se fechavam da PIDE. (...) Aventurem-se nesta leitura, deixem-se envolver pelos braços da história europeia e mundial nas palavras de Fernando, Catalina e Eulogio, reflitam sobre a dimensão humana e não fujam de um livro com tantas páginas… Não se vão arrepender!
Teresa Silva
Teresa Silva |2019-09-29
É um livro que nos faz interiorizar sentimentos que as acções podem fazer parecer obstinados, mas que no final se resumem ao Amor, o maior de todos eles. Apesar da história sofrida das vidas dos três amigos de infância, entre a moral da sociedade espanhola do início do século e as consequências da Guerra Civil Espanhola, a Segunda Guerra Mundial, no final não foram estes três personagens que me fizeram gostar do livro, mas sim as suas mães Assuncion, Isabel e Piedad, três mulheres muito diferentes e que se tornaram para mim as figuras principais deste livro, pela coragem, resiliência, tenacidade e amor incondicional. Um livro extenso, que por vezes se pode tornar repetitivo, mas cujo desenlace explica os sentimentos contraditórios que faz viver. Gostei muito porque me trouxe vários estados de espírito ao ler, e no final não desiludiu.

DETALHES DO PRODUTO

Não Matarás
ISBN:9789722537544
Edição/reimpressão:07-2019
Editor:Bertrand Editora
Código:000173001793
Idioma:Português
Dimensões:149 x 232 x 43 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:992
Tipo de Produto:Livro
Julia Navarro (Madrid, 1953) é jornalista e trabalhou ao longo da sua carreira na imprensa escrita, na rádio e na televisão. Autora das obras de atualidade política como Nosotros, la transición; 1982-1996 entre Felipe y Aznar; La izquierda que viene e Señora presidenta, obteve um enorme sucesso com o seu primeiro romance, A Irmandade do Santo Sudário (Gótica, 2004), e alcançou os primeiros lugares de vendas um pouco por todo o mundo. Com o seu segundo romance, A Bíblia de Barro (Gótica, 2005), confirmou o seu êxito junto do público e da crítica. Estes dois títulos venderam até à data mais de dois milhões de exemplares em todo o mundo e foram publicados em mais de vinte e cinco países, entre eles, Itália, Alemanha, Portugal, Rússia, Coreia, Japão, China, Reino Unido ou Estados Unidos. Os seus romances mereceram os mais conceituados galardões: Premio Qué Leer para o melhor romance espanhol de 2004, VIII Premio dos Lectores de Crisol, Premio Ciudad de Cartagena 2004.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK