Portugal em Chamas - Como Resgatar as Florestas

Portugal em Chamas - Como Resgatar as Florestas

Formatos disponiveis
14,40€
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
14,40€
COMPRAR
I20% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Como resgatar as florestas.
A Epidemia de Eucaliptos, o Círculo Vicioso dos Incêndios, os efeitos das Alterações Climáticas e o futuro próximo

Em 2017 registaram-se os maiores incêndios florestais de sempre em Portugal, com um número impressionante de mortes. Mas as condições que propiciam a repetição de tragédias com esta magnitude permanecem inalteradas: o círculo vicioso dos incêndios é alimentado pelo abandono de uma parte gigante do território, pela epidemia de uma espécie invasora altamente inflamável - o eucalipto - e por um clima em mutação, cada vez mais seco e quente. Nas últimas décadas, Portugal liderou sempre a tabela dos países europeus que mais ardem. Como é que as florestas chegaram a este estado? Que influência exerceu a indústria das celuloses na esfera do poder político? Como podemos resgatar as florestas deste ciclo infernal e criar alternativas para um território sob a ameaça de se tornar deserto?

Contra a falácia da inevitabilidade e a perigosa ilusão de obter resultados diferentes com as mesmas políticas, este livro analisa o passado, alerta para a repetição de erros no presente e projeta o futuro com políticas alternativas que visam garantir a viabilidade do interior do país e das florestas. O tempo urge.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Portugal em Chamas - Como Resgatar as Florestas
ISBN:9789722536103
Edição/reimpressão:06-2018
Editor:Bertrand Editora
Código:000173001623
Idioma:Português
Dimensões:149 x 233 x 13 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:160
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Ciências Exatas e Naturais > Ecologia

sobre os autores

João Camargo (Lisboa, 1983) é licenciado em Engenharia Zootécnica e mestre em Engenharia do Ambiente e Produção Animal (Instituto Superior de Agronomia e Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade de Lisboa). Foi jornalista, professor de Química e Botânica na Universidade Lúrio (Moçambique) e técnico da Liga para a Proteção da Natureza. É ativista do movimento Climáximo, investigador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, no doutoramento em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável, e autor dos livros Que Se Lixe a Troika (2013) e Manual de Combate às Alterações Climáticas (2018).
Ver Mais
Paulo Pimenta de Castro (Lisboa,1963) é licenciado em Silvicultura pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa. Foi docente no Ensino Profissional na área florestal, técnico superior na Confederação dos Agricultores de Portugal, secretário-geral da Federação dos Produtores Florestais de Portugal e da Associação Nacional das Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente. Integrou o Conselho Consultivo Florestal do Ministério da Agricultura e foi perito no Conselho Consultivo das Florestas e da Cortiça junto da Comissão Europeia. É consultor e preside à Direção da Acréscimo, Associação de Promoção ao Investimento Florestal.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK