Sensibilidade e Bom Senso

Sensibilidade e Bom Senso

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponíveis
9,90€I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
9,90€I
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Marianne e Elinor Dashwood, com 17 e 19 anos respetivamente, são irmãs, mas não podiam ser mais diferentes. Marianne é toda ela coração, sensibilidade e romantismo; Elinor é a encarnação da razão, do bom senso e da reserva. Por entre reveses e amores, cada uma delas será posta à prova e terá de encontrar um equilíbrio - entre a sensibilidade e o bom senso - que lhes permita ser felizes.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

"Duas mulheres, duas formas de estar, um só mundo"
Fátima Ferreira - Livraria Bertrand Dolve Vita Tejo |2017-04-10
A dualidade entre duas irmãs: uma sensível, regida pelo coração; outra racional, cheia de regras. É este o contexto que dá mote a uma obra de escrita perspicaz mas poética, que apaixona o leitor. Pessoalmente fez-me pensar sobre a ideia de equilíbrio - Jane Austen terá tentado mostrar que uma vida não se faz apenas de decisões fervorosas do coração ou ações objetivas do cérebro, sendo necessário chegar ao intermédio. Agradaram-me também as subtis críticas sociais à época e a forma como nos insere num ambiente diferente e encantador.

DETALHES DO PRODUTO

Sensibilidade e Bom Senso
ISBN:9789722533522
Edição/reimpressão:03-2017
Editor:Bertrand Editora
Código:000173001344
Idioma:Português
Dimensões:126 x 196 x 29 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:480
Tipo de Produto:Livro
Importante romancista inglesa (1775-1815) cuja escrita marca a passagem do Neoclassicismo para o Romantismo. Quando era ainda criança, escreveu novelas para a família, em parte publicadas em Love and Friendship and Other Early Works (1922). Na produção literária desta autora são considerados dois períodos: de 1796 a 1798, em que escreveu Sense and Sensibility (Sensibilidade e Bom Senso) e Pride and Prejudice (Orgulho e Preconceito), publicados em 1811 e 1813, respetivamente; e a partir de 1811, com a escrita de Mansfield Park (1814), Emma (1816) e Persuasion (Persuasão, 1818).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK