Uma Educação

avaliação dos leitores (4 comentários)
(4 comentários)
Quando um percurso de transformação pode ser um percurso de traição
Formatos disponíveis
17,70€ I
-50%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-50%
PORTES
GRÁTIS
17,70€ I
COMPRAR
I 50% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Envio até 4 dias
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Tara Westover cresceu a preparar-se para o Fim dos Tempos, para ver o Sol escurecer e a Lua pingar, como que de sangue. Passava o verão a conservar pêssegos e o inverno a cuidar da rotatividade das provisões de emergência da família, na esperança de que, quando o mundo dos homens falhasse, a sua família continuasse a viver.
Não tinha certidão de nascimento e nunca pusera um pé na escola. Não tinha boletim médico, porque o pai não acreditava em médicos nem em hospitais. Não havia quaisquer registos da sua existência.
O pai foi ficando cada vez mais radical com o passar do tempo, e o seu irmão, mais violento. Aos dezasseis anos, Tara decidiu educar-se a si própria. A sua sede de conhecimento haveria de a levar das montanhas do Idaho até outros continentes, a cruzar os mares e os céus, acabando em Cambridge e Harvard. Só então se perguntou se tinha ido demasiado longe. Se ainda podia voltar a casa.

Uma Educação é a história apaixonante de uma mulher que se reinventa. Mas é também uma história pungente de laços de família e de dor quando esses laços são cortados. Com o engenho dos grandes escritores, Tara Westover dá forma, a partir da sua experiência singular, a uma narrativa que vai ao cerne do que é a educação e do que ela nos pode oferecer: a perspetiva de ver a vida com outros olhos e a vontade de mudarmos.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Maravilhoso.»
Stephen Fry
«Para se juntar aos clássicos.»
Sunday Times

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Crenças, valores pré concebidos ou inocência, dão lugar a uma mulher inteligente, confiante de si mesma e das suas capacidades
Pedro Rebelo | 2020-04-13
Por onde começar, gostei imenso deste livro. Impressionante a vida que esta mulher teve, a mentalidade completamente distorcida do seu pai, com ideias pré-concebidas e plantadas que o sistema educativo é "obra do diabo". As crenças e convicções deste homem, são realmente assustadoras, de alguém que recebeu uma ideia plantou e semeou a palavra perante todos os membros da família à sua volta, cuja mentalidade era muito recorrente em séculos anteriores. Acaba por ser um paradoxo, porque o pai dela é contra o sistema de educação do estado, pois para ele, o estado dissimula o que se deve aprender, pelo que suposto aprender. "A minha liberdade termina quando começa a do outro” Herbert Spencer Este pai manipula a sua palavra de uma forma que não permite abrir horizontes. E é esta conclusão que Tara chega senão vejamos: 1° Proceder, sozinho, ao desenvolvimento cognitivo é completamente diferente de um sistema de ensino educativo em que se está numa sala com mais alunos, onde existe interação e troca de ideias e onde pode conviver com outros colegas (coisa que de início raramente faz). “When I was a child, I waited for my child to grow, for my experiences to accumulate and my choices to solidify (…). It was only as I grew older that I wondered if how I had started is how I would end – if the first shape a person takes is their only true shape”. 2° sente-se ignorante, vista como a esquisita da turma, que faz perguntas "parvas “e não sabe como as coisas funcionam, por um lado frustrada, por outro, com cada vez mais vontade de conhecer o mundo, esse mundo em que foi obrigada a ficar presa da realidade lá fora. A perceber como funciona, a questionar o porque das coisas, como faz agora uma criança nos tempos que correm, que para nós é considerado banal. “Not knowing for certain but refusing to give away to those who claim certainty, was a privilege I had never allowed myself. My life was narrated by others”. 3° A garra com que ela agarra esta oportunidade de puder sonhar com aquilo que nunca pode, de ter a sua própria opinião sobre o mundo e de puder conhecer/analisar o mundo pelos seus olhos e pelas suas próprias palavras. “Their voices were forceful, emphatic, absolute. It had never occurred to me that my voice might be as strong as theirs”. 4° O facto de ninguém acreditar em Tara quando ela demonstra (embora sem provas palpáveis) que o irmão ter tendências homicidas. Fazem com ela pareça a má da fita, a suposta "corrompida pelo sistema de educação", a mulher das causas perdidas, simplesmente porque a família de Tara, não aceita que um dos irmãos dela, tenha traços psicológicos bem visíveis, de alguém completamente perturbado e com problemas psicológicos e mentais. 5° O facto de existir a mentalidade que a mulher é ainda vista como dona de casa, é típico de alguém com este tipo de ideologia. Este livro foi uma brisa de muitos fatores, alguns bastantes saudáveis, outros bastantes desagradáveis. Mas como em tudo existe sempre um reverso da moeda. Senti que houve aspetos que me identifiquei mais, sinto que alguma parte passei por certos aspetos idênticos.
Uma lição de vida
Leonor Paulo - Bertrand Almada Rua | 2020-03-26
Um testemunho duro e impressionante, escrito na primeira pessoa, que nos ensina que não interessa de onde vimos e o que nos ensinam. Devemos sempre acreditar em nós e lutar pelo futuro que nos faz sentido, ainda que nos pareça impossível.

DETALHES DO PRODUTO

Uma Educação
ISBN: 9789722533799
Edição/reimpressão: 09-2018
Editor: Bertrand Editora
Código: 000173001539
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 235 x 24 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 376
Tipo de Produto: Livro
Tara Westover é uma autora americana que vive no Reino Unido. Nascida no Idaho, filha de um pai que se opunha à educação pública, nunca frequentou a escola. Passou os dias a trabalhar no ferro-velho do pai ou a cozinhar para a mãe, uma herdeira e parteira autodidata. Tinha dezassete anos quando entrou numa sala de aulas pela primeira vez, e esse foi um ambiente que desde logo a atraiu. Licenciou-se pelo Trinity College, em Cambridge, em 2009, e no ano seguinte foi professora convidada pela Universidade de Harvard. Mais tarde, regressou a Cambridge, onde, em 2014, se doutorou em História.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK