Moçambique, para a Mãe se Lembrar como Foi

Formatos disponíveis
18,80€ I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
18,80€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

O que é que se tinha passado, e porquê? E porque é que tudo aconteceu como aconteceu?
Esse trabalho começou agora a ficar concluído, pois, à medida que ajudei a levantar as névoas que ocultam o passado aos olhos da minha mãe, pude afastar algumas névoas da minha ignorância. Mas, e acima de tudo, este relato é uma grande história de amor. A nossa, da mãe e minha, e a de todos, ou quase todos, os que por ali tiveram o privilégio de passar.
Uma inolvidável história de amor por Moçambique de que não queremos abrir mão, porque ninguém dispensa uma luz que, de tão forte, ainda continua a cobrir-nos de bênçãos.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Moçambique, para a Mãe se Lembrar como Foi
ISBN: 9789722528108
Edição/reimpressão: 06-2014
Editor: Bertrand Editora
Código: 000173000862
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 233 x 26 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 360
Tipo de Produto: Livro
Escritora e ativista, Manuela Gonzaga tem uma marca muito forte no campo das biografias. A autora, que marca presença reconhecida na literatura juvenil, no romance, nos contos e até no ensaio, é natural do Porto. Aos 12 anos, com os pais, foi para Moçambique e depois para Angola, tendo passado em África parte da adolescência e a juventude. Foi ali que iniciou a sua atividade de jornalista, que abandonou em 2000 para se dedicar à escrita e investigação a tempo inteiro. Historiadora com o grau de mestre em História pela Universidade Nova de Lisboa, Manuela Gonzaga tem quatro filhos e três netos. O seu tempo é partilhado ainda com sete cães e um gato. Todos resgatados.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK