2020-10-23

Reviravoltas, triunfos e tragédias em «Quem não Arrisca…», de Jeffrey Archer

Novo livro do autor da série «As Crónicas de Clifton» finalmente em Portugal

Partilhar:

De um dos autores mais lidos do mundo, é publicado a 6 de novembro o primeiro volume de uma coleção que promete leituras emocionantes e muito viciantes. Quem não Arrisca…, de Jeffrey Archer, não é uma história de um detetive, mas sim uma história sobre a criação de um detetive.

 

Personagem nascida na série As Crónicas de Clifton, William Warwick junta-se à Polícia Metropolitana de Londres. Depois de se licenciar, William, sob o olhar atento do seu primeiro mentor, o agente Fred Yates, dá início à carreira até se confrontar com o seu primeiro grande caso como detetive na Brigada de Arte e Antiguidades da Scotland Yard. Enquanto investiga o roubo de uma valiosa pintura de Rembrandt exposta no Museu Fitzmolean, as surpresas sucedem-se: trava conhecimento com Beth Rainsford, assistente de investigação da galeria, pela qual se apaixona irremediavelmente; vê-se confrontado com o colecionador de arte Miles Faulkner e com o seu brilhante advogado, Booth Watson, ambos dispostos a tudo para estarem um passo à sua frente.

 

Assim se inicia esta nova série que nos apresenta William Warwick, um homem de família e detetive sempre empenhado no combate a inimigos poderosos. Através de reviravoltas, triunfos e tragédias, esta obra mostra que William Warwick está destinado a tornar-se um dos grandes legados de Jeffrey Archer.

 

Com mais de 250 milhões de exemplares vendidos em 97 países e 37 línguas, Jeffrey Archer é autor de 16 romances, seis coleções de contos, três peças de teatro, três volumes do seu diário da prisão e um evangelho.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK