2017-03-03

Eric Frattini em Portugal

Eric Frattini esteve em Lisboa ontem para o lançamento de «Manipulação da Verdade», o seu livro que desvenda algumas das mais importantes operações de falsa bandeira nas últimas décadas.

Partilhar:
Chegou ontem às livrarias portuguesas o livro «Manipulação da Verdade», de Eric Frattini, no qual o jornalista e analista político documenta e ilustra revelações surpreendentes referentes a operações de falsa bandeira desde finais do século XIX até aos nossos dias.

De acordo com «Manipulação da Verdade», alguns dos acontecimentos mundiais mais importantes de que as pessoas se recordam não aconteceram exatamente como foram percecionados. Desde o incêndio no Reichstag ao que o autor conclui ter sido um falso golpe de Estado na Turquia, em julho de 2016, Eric Frattini reflete sobre a manipulação da opinião pública para a justificação de ações bélicas ou intervenções duvidosas. 

Entre o ataque a Pearl Harbor, o crescimento do regime totalitário alemão que espoletou a Segunda Guerra Mundial, a intervenção dos Estados Unidos da América em Cuba e o falso cibercalifado do ISIS, «Manipulação da Verdade» discorre sobre eventos vários ao longo das últimas décadas, todos relacionados com ataques, terrorismo e armas de destruição maciça, entre outras dezenas de episódios históricos.
De acordo com o Coronel Pedro Baños, no prólogo do livro, operações de falsa bandeira “são operações encobertas destinadas a culpar terceiros, (…) muito variadas, desde um atentado terrorista até um ataque efetuado por forças militares, passando por atos de sabotagem e subversão”.

Este ex-chefe de Contrainformação e Segurança do Corpo do Exército Europeu de Estrasburgo afirma ainda sobre este tipo de manipulação: “trata-se de orientar a opinião pública numa determinada direção, quase sempre relacionada com uma entrada num conflito bélico (…). A forma mais frequente de conseguir essa mobilização dos cidadãos é através da demonização do inimigo (…). Para o conseguir, é habitual recorrer à guerra psicológica e à manipulação das massas.”

O autor esteve presente em Portugal a 2 de março, na Livraria Bertrand do Dolce Vita Picoas Plaza, às 18:30, para o lançamento deste seu novo livro, tendo contado com Luís Naves como apresentador.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK