2019-05-06

Amor-próprio, o espelho que nos ajuda a vermo-nos melhor

Chega sexta-feira às livrarias «Nascemos Frágeis e Recebemos Ordens Para Sermos Fortes», de João Carlos Melo

Partilhar:
Chega sexta-feira às livrarias o livro que marca a estreia de João Carlos Melo na Bertrand Editora. «Nascemos Frágeis e Recebemos Ordens Para Sermos Fortes» é, nas palavras de António Coimbra de Matos – autor do prefácio –, «um vigoroso ensaio em busca do entendimento do amor-próprio». Um livro que se interroga e que nos interroga, um livro que ilumina e foca, um livro onde o autor se perfila como investigador e nos mostra como é possível, através do conhecimento próprio, melhorar as relações que estabelecemos com os que nos rodeiam.

Em «Nascemos Frágeis e Recebemos Ordens Para Sermos Fortes», João Carlos Melo oferece-nos um olhar esclarecedor, lúcido e descomplexado sobre a autoestima, da sua manifestação saudável ao excesso de amor-próprio, da vaidade à confiança plena, das nossas origens de mamífero cooperante à sociedade sofisticada e digital dos dias de hoje.

O que significam, para o animal racional e emocional que somos, a inveja, a empatia, a humildade, o reconhecimento e o amor? Como é que o olhar do outro nos forma e como definimos quem somos apesar dele? Com sensibilidade e inteligência, João Carlos Melo guia-nos por estes e outros territórios, segurando o espelho que nos ajuda a vermo-nos melhor.

A sessão de lançamento de Nascemos Frágeis e Recebemos Ordens Para Sermos Fortes decorre a 9 de maio, às 18:30, na Bertrand Chiado, em Lisboa. Com apresentação de António Coimbra de Matos.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK