2019-04-11

Entender a traição. Não existe uma verdade única.

A traição gera incompreensão: este livro ajuda-nos a compreendê-la

Partilhar:
As relações extraconjugais são tão antigas quanto o casamento. Quem o diz é a psicoterapeuta belga Esther Perel, que acompanha casais em crise há mais de trinta anos e publica agora o livro «(In)Fidelidade – Repensar o Amor e as Relações». Mas este não se trata apenas de um livro sobre infidelidade. As traições têm muito a ensinar-nos sobre os relacionamentos. Até porque, entender a traição não significa justificá-la, ainda que não exista uma verdade única.

Este é um livro que aborda um tabu intemporal, enriquecido com histórias reais da prática terapêutica da autora, acompanhadas por uma análise psicológica e cultural incisiva e inteligente. Sem moralismos, Esther Perel aborda as várias facetas da traição com base no conhecimento adquirido em sessões de terapia e pela sua própria reflexão – e que tem vindo a partilhar em ações de formação e palestras em vários pontos do mundo.

Porque é que as pessoas traem – até em casamentos felizes? Porque é que dói tanto? E o que significa «infidelidade» para cada um de nós? Existirão casamentos à prova de traição? É possível amar mais do que uma pessoa ao mesmo tempo? E será que um caso pode ser bom para um casamento? A traição gera incompreensão: este livro ajuda-nos a compreendê-la.

Chega às livrarias a 12 de abril.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK